18/01/2020

Policiais militares prenderam três pessoas aprenderam uma adolescente de 14 anos na cidade de em Califórnia na sexta-feira (17). Segundo a PM, o bando seria o maior responsável pelo tráfico de drogas na cidade.

A ação da PM ocorreu após o grupo ser alvo de diversas denúncias sobre tráfico de entorpecentes em imóveis onde todos foram detidos, na localidade conhecida como bairro Nego Moisés. Ciente da situação, a PM fazia patrulhamento pela região quando visualizou um homem, de 51 anos, conhecido no meio policial por ser usuário de tóxicos, em frente uma das residências apontadas como ponto de tráfico.

Ele foi abordado e durante revista pessoal foi localizada uma pedra de crack com ele. Outros dois adultos e uma menor que estavam na moradia também foram abordados, mas não assumiram que estavam traficando droga. Em seguida a PM rfez recista na casa e achou várias moedas e dinheiro em espécie, uma corrente, dois aparelhos celulares, uma balança de precisão, embalagens para cocaína, um caderno com anotações das comercializações e vendas de entorpecentes e ainda algumas buchas de maconha, além de objetos procedência suspeita.

Os quatro suspeitos acabaram detidos e levados ao destacamento da PM. Um dos presos afirmou que gostaria de cooperar com a polícia, e que mostraria o lugar exato onde estaria escondido o restante dos tóxicos. Ele foi junto com a PM até uma mata perto do local da abordagem, onde acabaram encontradas duas sacolas plásticas com 150 papelotes de cocaína, uma pedra de pasta base de cocaína, e 16 buchas de maconha, além de pinos vazios (ependdorfs) para embalar cocaína. A PM avalia que a venda dos tóxicos poderia render pouco mais de R$ 5 mil aos suspeitos de tráfico.

Os quatro detidos e o material apreendido foram levados à Delegacia de Marilândia do Sul para enquadramento legal por uso, tráfico de drogas e associação criminosa.

As informações são do relatório de ocorrências do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM), de Apucarana.

Deixe uma resposta