13/09/2020

Fogo na vegetação provocou uma densa nuvem de fumaça e consequentes incômodos, como para quem estava secando roupas nos varais.

Os incêndios ambientais, conhecidos popularmente como queimadas, continuam exigido trabalho intensivo do Corpo de Bombeiros de Apucarana neste mês de setembro, que historicamente é um período no qual aumentam os incêndios em vegetação em razão das condições climáticas de tempo seco.

Conforme relatório de ocorrência online da corporação, por volta das 15h30 Bombeiros foram acionados para apagar queimada em terreno na Rua Paranaguá, no Jardim Ponta Grossa, na região norte da cidade. O fogo na vegetação provocou uma densa nuvem de fumaça e consequentes incômodos, como para quem estava secando roupas nos varais e para quem tem problemas respiratórios

Os incêndios ambientais também provocam problemas respiratórios nas pessoas e prejudicam a fauna e à flora. A recomendação nesses casos é manter contato com o Corpo de Bombeiros rapidamente pelo fone 193.

Punições
As queimadas são consideradas crimes ambientais, que podem resultar em penas de seis a quatro anos de reclusão, além de multa para quem as provoca intencionalmente, sem controle e autorização legal de órgão competente.

Deixe seu comentário