03/11/2021

Um rapaz de 22 anos suspeito de traficar drogas foi preso em Apucarana, às 17h41 de terça-feira (2/11), na Rua Periquito, no Conjunto Michel Soni (Recanto do Lago), por policiais militares da Rocam com 97 gramas de cocaína, dinheiro e telefones celulares.

Segundo boletim de ocorrência, a equipe vinha recebendo constantemente denúncias de que determinada residência na Rua Periquito estaria sendo utilizada para a prática de tráfico de drogas, sendo que a última informação colhida pela equipe dava conta de que três pessoas estariam comercializando entorpecentes nesse local, sendo que um dos envolvidos ficava na rua aguardando os usuários, outro buscava a droga na residência e um terceiro cuidava do dinheiro. Na terça-feira (3/11), após a viatura adentrar a rua em patrulhamento foi possível visualizar três suspeitos que estavam parados em frente a casa indicada com ponto de venda de tóxico, sendo que quando avistaram a viatura se evadiram em fuga, um deles em direção a linha férrea e os outros dois em direção a referida residência, que estava com o portão aberto.

Os suspeitos pularam o muro dos fundos (que dá acesso a uma mata fechada), não sendo possível lograr êxito em abordá-los ou identificá-los inicialmente, mas depois o pessoal da Rocam prendeu um rapaz de 22 anos. A residência encontrava-se aberta, sendo constatado que a mesma está em péssimas condições sanitárias, com pouquíssimos móveis (praticamente vazia), e diversas roupas e colchões esparramados pelos cômodos. Em varredura, a equipe da PM localizou uma chave escondida dentro de um pote de arroz, que dava acesso a um dos quartos (que estava trancado), onde também não haviam móveis, apenas roupas espalhadas pelo chão e um colchão. Nesse quarto foi localizado um pote metálico contendo grande quantia em dinheiro trocado (218,51 reais em cédulas e moedas), além de uma identidade em nome de um elemento que é conhecido no meio policial e já possui passagens pelo crime de tráfico de drogas na Rua Periquito, sendo a última delas em fevereiro de 2001.

Ainda em varreduras pelo local, a equipe da Rocam localizou dois aparelhos celulares que foram apreendidos para investigação e um invólucro plástico de cor amarela com grande quantidade de cocaína, tendo sido realizado contato com a equipe do Canil, que através de testes de busca com o cão de faro Iron, confirmou-se tratar-se de cocaína (que na delegacia pesou 97 gramas que estavam no “caco” (pura) e provavelmente seria misturada e fracionada antes da realização da comercialização, o que renderia aproximadamente o dobro de seu peso bruto. Devido aos fatos, a equipe da Rocam realizou a apreensão dos materiais e encaminhou os mesmos junto com o elemento preso até a Delegacia de Polícia de Apucarana para os procedimentos cabíveis.

Deixe seu comentário