Imagem: Divulgação

13/05/2022 

Entre os temas está a discussão sobre o que a saúde mental tem a ver com a cultura da violência e o diálogo sobre a violência contra crianças e adolescentes. 

No dia 18 de maio é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexualidade de Crianças e Adolescentes, data determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. 

Portanto, o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva que em todo o Brasil sejam realizadas ações que visem alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual. Além dessa violência avassaladora da saúde mental, temos diversas outras formas de violência operando de forma sistemática em nosso cotidiano, como a psicológica, física, patrimonial, dentre outras.

O tema é de suma relevância social e os organizadores do evento convidam toda a sociedade para estar nesse diálogo com convidados que trabalham diretamente com o tema.

A organização da reunião pede a todos encarecidamente que venham de máscaras devido ao aumento de casos de Covid-19 nos últimos dias, sobretudo em nosso município também, e usem álcool gel para protegermos uns aos outros contra as novas variantes da Covid-19.

Imagem: Divulgação

 

   

 

   

 

Deixe seu comentário