17/11/2021

O prefeito Moisés Andrade recebeu em seu gabinete nesta terça-feira, 16, a chefe do escritório regional da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná  (SEJUF), Marcia Sousa e a técnica Hemily Ramos para tratar da implantação do posto avançado da Agência do Trabalhador no município.

A reunião contou também com a presença do vice-prefeito, Anizio Marcelino, a secretária da assistência social, Maria Aparecida Novaes, a diretora do Centro de Referência de Assistência Social – Cras, Angela Wogt e o encarregado de indústria e comércio, Lucas Felipe Cotting Duarte.

Uma das bandeiras da administração é a geração de empregos, e para isso, o prefeito junto de sua equipe busca fomentar a instalação de novas empresas e indústrias no município, “geração de emprego e renda é um dos grandes desafios que assumimos em nossa gestão e não vamos medir esforços para que Rio Bom se transforme num polo empresarial, num lugar propício para as empresas se instalarem, a maior ajuda que podemos proporcionar é a inclusão no mercado de trabalho, e é isso que estamos fazendo” enfatizou Moisés Andrade.

Desta forma, Marcia anunciou, em sua visita, que mais um dos pedidos do prefeito será atendido, e Rio Bom ganhará um posto avançado da Agência do Trabalhador. A ação se dará através do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda, da Secretaria SEJUF, em parceria com as prefeituras. É um desdobramento do projeto Emprega Mais Paraná, e tem como objetivo facilitar o encaminhamento de trabalhadores em todos os municípios paranaenses.

O Posto Avançado de Rio Bom  estará vinculado à Agência do Trabalhador de  Apucarana e contará com suporte dos Escritórios Regionais da Sejuf. Os atendimentos serão presenciais onde está sendo viabilizada uma sala para atender a demanda do município, intermediando mão de obra, seguro desemprego, captando vagas, Cartão Futuro que é uma iniciativa do Governo do Paraná que visa incentivar a manutenção de empregos e a contratação de jovens aprendizes por empresas paranaenses com auxílio de 300 reais para as empresas complementarem o salário desses jovens, além de  encaminhar  nossos munícipes para empresas no mercado de trabalho. “A ação foi desenvolvida para diminuir o custo de trabalhadores que hoje têm um gasto adicional de deslocamento até as cidades que têm uma Agência do Trabalhador” Completa Márcia.

Fonte: Prefeitura de Rio Bom

Deixe seu comentário