29/05/2021

A equipe da Rocam da Polícia Militar (PM) de Apucarana aos 19 minutos da madrugada deste sábado (29), flagrou  um rapaz de 21 anos traficando crack na Rua Roberto Dias De Oliveira, no Núcleo Habitacional Mathias Hoffmann.

O jovem teve que ser levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Rua Desembargador Clotário Portugal, para expelir várias pedras de crack que havia engolido para escapar do flagrante de tráfico de entorpecentes, cuja pena para os condenados varia de 5 a 15 anos de prisão.

Segundo boletim de ocorrência, o jovem ocupava uma motocicleta Honda Twister de cor vermelha junto com outro rapaz, ambos já conhecidos no meio policial pelo crime de tráfico de drogas, quando o PMs inicialmente se depararam com os mesmos trafegando com o veículo por via pública do Núcleo Dom Romeu Alberti. A equipe então deu voz de abordagem aos suspeitos, no que não foi acatada, tendo a moto seguido em fuga, em alta
velocidade. Os suspeitos foram acompanhados pela viatura da PM que estava com giroflex e sirene ligados.

Na Rua Roberto Dias de Oliveira o condutor da moto perdeu o controle do veículo, vindo ambos a caírem no chão, no que de imediato acabaram abordados. Os policiais militares notaram que o jovem de 21 anos colocou algo na boca, sendo então pedido para que este a abrisse, o que não foi acatado, tendo sido necessário realizar a imobilização na tentativa de evitar que o mesmo engolisse um provável flagrante. Na tentativa de abrir a boca do suspeito, foi possível visualizar que se tratava de diversas porções de crack, porém ele continuou a resistir fisicamente se recusando a abrir a boca, sendo possível perceber o momento em que este engoliu o entorpecente.

Nada de ilícito foi localizado em revista pessoal nos dois abordados, sendo então o jovem de 21 anos encaminhado até a UPA, pois encontrava-se com alguns ferimentos sofridos na queda da motocicleta. A médica de plantão foi informada que o rapaz havia engolido 10 pedras de crack. Foi realizada pela equipe médica a lavagem gástrica no suspeito. Durante a lavagem, após já terem sido recuperadas cerca de 3 pedras do tóxico, a PM percebeu que o abordado estava tentando “filtrar” o líquido que vinha até sua boca, na tentativa de não vomitar o entorpecente. Em um determinado momento ele informou à equipe médica que necessitava muito ir ao banheiro, sendo acompanhado por um policial militar.

No banheiro da UPA, após fazer suas necessidades fisiológicas, ele se virou para a patente e cuspiu 4 pedras de crack dentro do vaso sanitário, dando descarga rapidamente, o que foi visualizado pelo policial que acompanhava o suspeito. Voltando à sala de procedimento, o traficante veio a vomitar mais duas pedras de crack, sendo então possível resgatar o total de 5 porções do entorpecente, conforme declaração médica anexa ao boletim de ocorrência.

A PM reiterou que os dois rapazes já possuem diversas passagens pela Polícia pela prática do crime de tráfico de drogas, sendo ambos encaminhados até a Delegacia de Apucarana junto com o crack apreendido para os procedimentos cabíveis. A motocicleta ocupada pela dupla foi apreendida e encaminhada ao pátio da 15ª Ciretran/10º BPM, sendo lavradas as devidas notificações (multas).

Deixe seu comentário