12/11/2020

Policiais militares da Rotam da 7ª Companhia de Arapongas prenderam, na tarde desta quinta-feira (12), uma mulher residente na Rua Asa de Telha, no Jardim Tereza Bononi, que guardava 18 invólucros e 5 pacotinhos menores contendo 975 gramas de cocaína in natura, droga essa avaliada em R$ 26.000, segundo informação da própria mulher.

O entorpecente estava escondido dentro de uma sacola que estava no forro do quarto da moradia.

A mulher detida relatou aos policiais da Rotam que o responsável pela negociação do tóxico é seu marido, que encontra-se preso no setor de carceragem da 22ª Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas e por esse motivo ela assumiu a função de gerenciar o tráfico de entorpecentes no local. Na casa também foi apreendida uma balança de precisão e a mulher revelou ainda que cada porção de 50 gramas de cocaína era vendida por R$1.500.

A equipe do Canil também esteve na moradia e realizou vistoria com o cão de faro Beor, conduzido pelo Sargento Paulo e o Soldado Peda, porém nada mais de ilícito foi localizado. A mulher recebeu voz de prisão, foi encaminhada à UPA (protocolo de Covid-19) e em seguida conduzida com a cocaína e a balança de precisão à 22ª Segunda Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas para os procedimentos legais. A pena para os condenados pelo crime de tráfico de drogas varia de 5 a 15 anos de prisão.

Deixe seu comentário