14/11/2020

Policiais militares da Rotam da 7ª Companhia da Polícia Militar (PM) de Arapongas prenderam dois homens em flagrante por tráfico de drogas, às 20h30 de sexta-feira (13), na Avenida Maracanã, no Parque Industrial.

Com ambos os policiais militares apreenderam mais de 3 quilos de cocaína e crack que poderiam render cerca de até R$ 70 mil aos traficantes se os entorpecentes fossem fracionados e vendidos no varejo. Também foram apreendidos com a dupla um revólver municiado, maconha e 4 mil em dinheiro.

Conforme boletim de ocorrência, durante patrulhamento pela Avenida Maracanã a equipe da Rotam percebeu quando um homem em uma motocicleta entregava dois pacotes ao motorista de um automóvel. Os suspeitos foram abordados e a PM verificou que havia cocaína nos pacotes. Os policiais também acharam uma porção de maconha no bolso de um dos abordados.

Segundo a PM, o homem que pilotava a moto confessou que estava traficando tóxicos e revelou que teria mais drogas em sua residência. O pessoal da Rotam foi até a moradia do suspeito, onde apreendeu um tablete de cocaína in natura pesando cerca 1 kg, além 600 gramas do mesmo entorpecente divididos em 19 porções; 17 tabletes de crack pesando 1,5 kg e mais 6 porções de maconha. Os PMs também acharam um revólver calibre 38 e mais de R$ 4 mil em dinheiro, obtidos supostamente através do tráfico de drogas.

Os dois traficantes foram presos e levados inicialmente à UPA (protocolo de Covid-19) e em seguida encaminhados à 22ª Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas junto com as drogas, a arma e o dinheiro apreendidos para os procedimentos legais. Os condenados por comercializar entorpecentes podem pegar penas que variam de 5 a 15 anos de prisão.

Deixe seu comentário