19/05/2021

Uma família que reside no Jardim Colonial I, em Apucarana, entrou em contato com o Canal 38 e pediu a presença da reportagem no local para solicitar ajuda à população no sentido de colaborar por conta de necessidades que estão passando e a situação vai ficar cada vez mais complicada se ninguém ajudar, porque o casal tem um filho pequeno com microcefalia que necessita de alimentação e tratamento especial. Fome, doença e ninguém faz nada. A mãe sequer tem fraldas para colocar na criança.

O repórter Márcio Silvestre esteve na casa da família e falou com Thalia, que é a mãe da criança com microcefalia e pediu ajuda ao Canal 38, depois que a Prefeitura, a Saúde Pública e a Assistências Social do município nada fizeram para ajudá-la.

“Meu filho é portador de microcefalia desde que nasceu e ele precisa fazer alguns exames, só que pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS) leva de 6 a 8 meses e esses exames são caros e nós temos urgência. Meu filho está tendo crises de convulsões e está tomando medicamento controlado e eu preciso muito de ajuda. O leite com o qual ele se alimenta é especial e repassado pelo governo, e aqui na cidade está em falta e não tenho condição alguma de comprar o leite Nestogeno 2 para ele e por isso estou pedindo ajuda a vocês e à população, porque quando ele toma outro leite dá refluxo e ele passa mal. Quem puder ajudar pode ligar no fone (43) – 9 7400 7296. Ele faz tratamento na Apae de Apucarana de fisioterapia e fonoaudiologia, mas precisamos de ajuda para fazer os exames necessários com rapidez e comprar o leite, que é o único alimento do meu filho”, afirmou Thalia.

Novamente: o telefone de contato para quem puder e quiser ajudar essa criança com microcefalia é o (43) – 9 7400 7296. Veja a matéria completa em vídeo com o repórter Márcio Silvestre.

Deixe seu comentário