Imagem de Arquivo

20/11/2020

O sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Apucarana, Sindspa, ainda sob o comando de André Joaquina, vive a expectativa de eleições, a serem realizadas no dia 15 de dezembro, onde parte da diretoria atual, dentre elas duas dirigentes condenadas ainda em 2020, por imputar falsas acusações a três associadas, estarão concorrendo.

No entanto os péssimos hábitos desta diretoria ainda se mantém presentes. Entre os meses de setembro a novembro de 2020, período em que o tesoureiro Hermes Machado esteve licenciado para a disputa das eleições municipais, sendo substituído, o sindicato gastou quase 100% a mais do que arrecadou no mesmo período, ou quase 50 mil reais de gastos em dois meses e meio, conforme informações prestadas pela Secretaria de Finanças do órgão, agora já contando com o retorno de Hermes Machado.

“Deixei a secretaria em setembro com quase R$ 30 mil na conta bancária e recebi com pouco mais de R$ 3 mil, fora as arrecadações do período, algo em torno de R$ 25 mil”, disse Hermes ao Canal 38 .

O sindicato ainda promoveu uma prestação de contas suspeita em jornal de Arapongas, através de assembleia virtual e pondo pra aprovação o período de 2020, que ainda não foi finalizado e sem a ciência de Hermes: “Colocaram meu período pra aprovar sem a minha ciência. Haviam documentos contábeis sob minha posse que ficaram de fora dos levantamentos. Penso ser importante que os associados tenham acesso à informações reais dos gastos do sindicato, afinal é um dinheiro obtido através do trabalho árduo de cada servidor público” pontuou Hermes. Segundo o tesoureiro esta prestação de contas realizada pelo SINDSPA será questionada judicialmente.

Deixe seu comentário