13/10/2020

Um suspeito de supostamente planejar roubo no município de São João do Ivaí junto com um comparsa foi morto em confronto com policiais militares do destacamento local e uma equipe da Rotam de Ivaiporã, na manhã desta terça-feira (13), em uma estrada rural próximo à ponte sobre o Rio Ivaí na PR-082, entre as cidades de São João do Ivaí e São Pedro do Ivaí.

Segundo informações, o confronto ocorreu depois que policiais militares iniciaram acompanhamento tático de um carro e uma moto ocupados por dois supostos criminosos, que se evadiram rumo a São Pedro do Ivaí quando perceberam que eram seguidos pela PM. Um dos suspeitos fugiu de moto e o outro abandonou o automóvel em estrada vicinal próximo a ponte e em sefuida teria sacado uma arma e atirado na direção dos policiais.

O suspeito, identificado como Alex Simenes Peixoto (idade não confirmada), que residia na região de Jandaia do Sul, foi baleado e morreu durante o confronto. A Polícia Civil foi acionada para dar apoio à PM e fazer os levantamentos que a lei exige no local do fato. O Instituto Médico Legal (IML) de Ivaiporã foi acionado para fazer a remoção do corpo e realizar necropsia. O Delegado Dr. Gustavo Alves de Pinho, de Jandaia do Sul, mas que também responde pela Delegacia de São João do Ivaí, afitmou Alex era era procurado por ser suspeito de praticar roubos em Kaloré e Marumbi. Nesta terça-feira (13) a PM recebeu informações que Alex e um comparsa estavam se deslocando para São João do Ivaí, onde praticariam um novo assalto.

Na PR-082 Alex e o comparsa foram interceptado: Alex em um automóvel e o segundo acusado de motocicleta. O jovem da mot, conseguiu fugir, mas Alex foi seguido pela viatura. Ele pegou uma estrada rural, desceu do carro e ganhou uma mata, local onde houve o confronto. O suspeito estava armado e a mesma foi apreendida.

Alex Simenes Peixoto encontrava-se na condição de “procurado pela justiça”, pela Comarca da cidade de Jandaia Sul. Ele foi qualificado como um dos participantes de dois roubos que ocorreram em Kaloré e Marumbi no mês de agosto, ambos em residências. Segundo a Polícia, Alex seria o suspeito que ficou dentro das casas, fazendo as vítimas reféns nos dois municípios.

Deixe seu comentário