04/09/2020

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) divulgou nesta semana listagem de agentes públicos que foi repassada à Justiça Eleitoral por conta da inelegibilidade dos mesmos em razão irregularidade praticada.

Entre os nomes que constam na lista do TCE-PR está o do ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Marilândia do Sul Anderson Luiz Bueno, popularmente conhecido como “Sabão”, que também foi candidato a vereador derrotado em Apucarana nas eleições de 2016, na época chegou até a inflacionar o mercado eleitoral.

O ex-vereador de Marilândia do Sul, que atualmente é filiado ao diretório municipal do Democratas (DEM) de Apucarana, teve os direitos políticos suspensos de 22 de agosto de 2017 até 18 de setembro de 2025 em razão de o TCE-PR ter julgado irregular uma Tomada de Contas Extraordinária de responsabilidade Anderson Luiz Bueno, o “Sabão”, em virtude de quadro de pessoal irregular, pagamento indevido de funções gratificadas e criação irregular de cargos, além da contratação de parentes, caracterizando prática de nepotismo e despesas com diárias, oriundos do Relatório de inspeção/Auditoria, conforme o TCE-PR.

Segundo informações, Sabão teria sido relacionado como pré-candidato a vereador pelo DEM em Apucarana, mesmo com sua inelegibilidade atestada pelo TCE-PR, ele já teria contando lideranças e formadores de opinião na cidade para trabalhar em sua campanha, mas ao bem da verdade Sabão já estaria inelegível desde a eleição passada (2018) onde na época também ensaiou uma candidatura.

Deixe seu comentário