26/06/2019

Há duas ações pela cassação da chapa Bolsonaro-Mourão com tramitações adiantadas no TSE, sob relatoria do ministro Jorge Mussi, segundo informa o Valor.

Uma delas é a proposta pela coligação do ex-presidenciável Fernando Haddad (PT) que questiona a entrevista de Jair Bolsonaro à TV Record no mesmo horário em que a TV Globo promovia debate com os candidatos antes da eleição. A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) alega que a Record deu “tratamento privilegiado” a Bolsonaro, rompendo a isonomia que orienta o processo eleitoral. O então candidato.

Campartilhe.

Sobre o Autor

**** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal do Canal 38 pelo Whatsapp: (43) 9 8447-1929 ****

Deixe Um Comentário