04/12/2020

O deputado delegado Jacovós foi procurado nesta semana pelo vereador reeleito Lucas Leugi, que está preocupado com a situação dos moradores do Núcleo Osmar Guaraci Freire, em Apucarana, em relação a questões judiciais envolvendo leilão de residências marcado pela Justiça Federal e posteriormente até um possível despejo.

A pedido do vereador Lucas Leugi, o deputado delegado Jacovós disponibilizou assistência jurídica gratuita para as pessoas que residem no núcleo habitacional e correm risco de terem suas moradias leiloadas.

Segundo informações, várias casas do Núcleo Osmar Guaraci Freire teriam sido hipotecadas pela construtora já há muitos anos junto à Caixa Econômica Federal (CEF). Um leilão foi marcado pela Justiça Federal e alguns moradores estão apavorados. Ainda conforme informações, cada desses moradores teria que pagar cerca R$ 56 mil ainda pela construção das casas para legalizar a situação. Eles alegam que na época da construção houve um possível superfaturamento no empreendimento federal e muitos deles já fizeram benfeitorias na casas.

“Alguns moradores estariam com suas casas para serem levadas a leilão e existe alguma preocupação grande aí, óbvio, pois alguém requereu na justiça, é questão de ordem judicial. Qualquer desses moradores do Núcleo Osmar Guaraci Freire que quiser esclarecer as dúvidas a respeito da situação de suas casas pode procurar o nosso escritório, do deputado delegado Jacovós, na Rua Castro, nº 34, em Apucarana. Nos colocamos à disposição dos moradores que ainda não têm advogado e os mesmos podem procurar o nosso escritório e contar com o deputado Delegado Jacovós, pois nós vamos para cima, não é assim não, ninguém vai tomando casa de morador; nós vamos ver o que está acontecendo e defender o trabalhador”, ressalta o deputado delegado Jacovós.

O vereador Lucas Leugi avalia que o momento sobre a questão agora é mais político que judicial. “Alguns moradores, muito preocupados, nos procuraram e na verdade, no meu ponto de vista, os trabalhadores e moradores de todo Guaraci Freire não têm culpa dessa situação. Chegou o momento, o papel judicial foi feito seguindo as leis, mas o momento, no meu ponto de vista, ele é muito mais político porque ali estão vidas, estão famílias, e isso representa muito mais do que simplesmente um despejo judicial”, afirmou Lucas Leugi.

Deixe seu comentário